Let This Remain
Um cafuné é capaz de me provocar, tirar do eixo, num exercício de puro desatino - é quase um orgasmo sentimental.

Tô com saudade. Do teu abraço. Do teu beijo. De te ver dormir e de dormir de conchinha. Tô com saudade. Da tua mão na minha ou pelo meu corpo todo. Da tua risada. Das cócegas e das provocações. De te olhar nos olhos. Saudade. Da mordida na boca, no queixo, no pescoço ou na ponta da orelha. Do teu carinho. De te ouvir sussurrando que me ama. Saudade de dormir no teu peito. De dividir a cama e de acordar contigo - porque acordar contigo é o melhor jeito de começar o dia. Saudade de quando tu me puxa pra perto pra me esquentar. E dos beijos durante a noite. Tô com saudade, amor. De ti por inteiro, colado em mim. Da tua barba no meu rosto. E dos teus olhos em mim.  

                                                                             - Let This Remain


Tim havia me dito, e me mostrado que o amor significava pensar mais na felicidade da outra pessoa do que na própria, não importando quão dolorosa seja sua escolha.
Querido John. 

Caso encontre o rio da felicidade,
Afogue-se.
Sean Wilhelm. 

Carinho é quando a gente não encontra nenhuma palavra para expressar o que sente, e fala com as mãos, colocando o afago em cada dedo.
O Teatro Mágico.

eu te tenho em incertas doses homeopáticas, mas eu sempre fui de excessos certeiros, baby.

noto certa contradição em nossas formas de sentir um ao outro e isso me fere violentamente.


@romanceais